Como os exercícios físicos contribuem para uma vida saudável?

Por:Alessandro Assis
Dicas

30

Nov 2016

Exercícios contribuem, definitivamente, para uma vida saudável. As atividades físicas constituem um componente do modo de vida original humano. A vida urbana, muito corrida ou sedentária, eliminou determinados movimentos e esforços que seriam necessários se vivêssemos no ambiente natural. Além disso, impôs certas posturas como, por exemplo, ficar sentado por longos períodos. 

Compensar as rotinas diárias com exercícios que equilibrem o modo de vida para o lado saudável trará inúmeros benefícios à saúde do corpo e da alma. Vale a pena melhorar a qualidade de vida.

Se você tem uma rotina agitada, cheia de compromissos profissionais e sociais, e ainda precisa dar conta das responsabilidades domésticas, esse post é para você.

Redução dos riscos de doenças graves

A incorporação de exercícios físicos em sua vida diária, em especial se associados a uma alimentação saudável, será o melhor agente na redução dos riscos de hipertensão, acidente vascular cerebral (AVC) e distúrbios cardíacos, para citar apenas os mais incidentes.

Além disso, caminhando na direção de uma vida saudável com os exercícios físicos, evita-se a obesidade já epidêmica em nossa sociedade e os inúmeros distúrbios a ela associados, como o diabetes, a depressão e a ansiedade.

Melhoria na qualidade do sono

Levantamento epidemiológico, conduzido na cidade de São Paulo, sobre a prática de atividades físicas, identificou que as queixas de insônia ou sonolência excessiva ocorriam em menos de 30% dos praticantes de atividade física regular, enquanto mais de 70% dos não praticantes acusavam a ocorrência. 

Diversos estudos conduzidos por universidades e centros de pesquisas em todo o mundo confirmam: a prática de exercícios físicos durante, pelo menos, 150 minutos por semana, melhora a qualidade do sono e conduz a um melhor estado de alerta durante o dia.

Alívio para o estresse

Todo mundo sabe que a prática de exercícios físicos alivia o estresse. Esse alívio se dá, primeiro, em razão da liberação de serotonina e beta endorfina, hormônios responsáveis por essa sensação.

Na ausência de exercícios, isto é, diante do ócio, a liberação hormonal é outra: o cortisol entra em ação e acaba gerando ansiedade e estresse.

Por outro lado, a relação corpo mente é tal que tensão muscular gera tensão mental e vice-versa. Na verdade, a tensão muscular é um dos mais frequentes sintomas do estresse. Aqui entra a prática de exercícios físicos resolvendo os dois.

Finalmente, a autoestima abalada é frequente fator de estresse, enquanto a atividade física é uma grande aliada da autoestima.

Para o alívio do estresse, dê preferência pelos exercícios mais moderados e de mais longa duração como, por exemplo, uma caminhada.

Condicionamento físico para a vida agitada

Habituar-se a uma rotina que incorpore atividades físicas agrega benefícios desde os primeiros momentos de sua adoção.

Assim, se você tem uma vida agitada e repleta de compromissos, a adoção de atividades que lhe proporcionem um adequado condicionamento físico é essencial para garantir que ela seja também saudável. E, também, para lhe permitir dar conta da agenda.

Condicionamento físico se adquire a partir de uma rotina de exercícios adequadamente definida para suas condições atuais. Por essa razão, antes de se definir, proceda a uma adequada avaliação cardiorrespiratória e siga as orientações de um preparador físico habilitado.

Agora que conhece a contribuição dos exercícios físicos para uma vida saudável, complemente com 7 alimentos saudáveis que você deve começar a consumir logo!


Compartilhe: